Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Promoção \ Campanhas \ Artigo

ACONSELHAMENTO em AMAMENTAÇÃO - SMAM 2013

Por: Prof. Marcus Renato de Carvalho, IBCLC

 ////

Experiência com Programa de Aconselhamento de Pares em Área Rural - América Central, Guatemala

Por Mimi Maza

 

Localizado nas montanhas na Guatemala, a maioria da população de Totonocapanis são indígenas. As comunidades nessa area têm uma das mais altas taxas de desnutrição crônica em crianças menores de 5 anos, chegando a 82,2%. 

Uma estratégia de educação básica na comunidade foi desenvolvida como uma intervenção para:

  • Treinar mães conselheiras para educar gestantes e mães com crianças menores de 3 anos através de grupos de mães apoiando mães, visitas domiciliáres e aconselhamento individual.
  • Aumentar o aleitamento materno exclusivo por seis meses, e fornecer informaçõe sobre alimentação complementar adequada, o uso de  alimentos locais, com a continuidade da amamentação até dois anos ou mais.
  • Fornecer educação básica na comunidade, com a participação de mulheres (principalmente gestantes e mães com crianças menores de 3 anos), orientando sobre mudanças nas práticas alimentares e cuidados as crianças menores de 3 anos – para contribuir na redução da desnutrição crônica em crianças menores de 5 anos.

 

Foram treinadas 200 conselheiras de pares (mães conselheiras). São voluntárias escolhidas pela comunidade onde vivem. Cada conselheira de pares:

·         Fala a língua local

·         Amamentou sua criança

·         Está disposta a dar parte de seu tempo como voluntária (12 a 15 horas por mês)

·         É aceita na comunidade, tem apoio do marido e da família

·         Quer aprender e compartilhar o que aprendeu

·         Tem facilidade em comunicar e vontade de receber treinamento mais abrangente 

·         Ideal, mas não é essencial, sabe ler e escrever

 

Atividades conduzidas pelas conselheiras de pares – mães conselheiras:

·         Grupos de mães apoiando mães

·         Aconselhamento individual

·         Visitas domicialiares nos momentos chaves na vida da mulher e seu filho. Por exemplo, durante a gestação, após o parto, para a alimentação complementar com a idade de seis meses ou quando uma criança está doente ou desnutrida.

    Além do sucesso no treinamento das conselheiras de pares, no final do programa em 2012 foi formada uma rede de mães apoiando mães em oito municípios de Totonicapán

 

Tradução: Regina Da Silva - Revisão: Pajuçara Marroquim


Última atualização: 23/7/2013

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital