Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

Por que as CONFERÊNCIAS 30 anos?

Por: Daniela Zuim, Fabiane Giusti e Marcus Renato de Carvalho

   

  EVENTOS COMEMORAM 3 DÉCADAS do MÉTODO MÃE-CANGURU

 Conferências contarão com a presença do médico colombiano Héctor Martínez, criador da metodologia que já salvou milhões de bebês prematuros ou de baixo peso.

 Nos dias 23 e 25 de junho, o Brasil acolherá dois eventos para celebrar os 30 anos do Método Mãe-Canguru, técnica baseada no amor, calor e aleitamento materno como forma de habilitar bebês prematuros ou nascidos com baixo peso. Idealizadas pelo web site Aleitamento.com, as Conferências 30 Anos de Mãe-Canguru contarão com a presença do Dr. Héctor Martinez, um dos criadores dessa metodologia.

 

Os encontros também comemoram os dez anos da Conferência Nacional sobre o Método Mãe-Canguru, que marca o uso dessa metodologia como política pública de saúde no Brasil. “A ideia surgiu como uma celebração dessa descoberta tão importante: uma humana tecnologia perinatal que vem salvando milhões de recém-nascidos prematuros ou de baixo peso em todo o mundo” comenta o médico Marcus Renato de Carvalho, docente da UFRJ, especialista em amamentação pelo IBCLC e coordenador das conferências.

 

Estimativas[i] da Organização Mundial de Saúde apontam que de 6% (países desenvolvidos) a 12% (países pobres) dos bebês no mundo nasçam com baixo peso ou prematuros – e poderiam se beneficiar da Metodologia Mãe-Canguru.

 

Voltados aos profissionais de saúde das mais variadas formações, os eventos científicos também terão apresentações de neonatologistas, fonoaudiólogas e gestores, que darão uma visão panorâmica de como a atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso é praticado no Brasil oficialmente há 10 anos. Já o Ministério da Saúde mostrará os dados mais atuais da cobertura do programa no Brasil.

 

O evento também abrigará o lançamento de uma edição especial, com tradução em dezenas de idiomas, da Declaração Universal dos Direitos do Prematuro, texto embasado cientificamente e elaborado pelo pediatra e neonatologista Luís Alberto Mussa Tavares.

 

O que é?

 

O Método Mãe-Canguru nasceu em 1979, no Instituto Materno Infantil de Bogotá (Colômbia), quando, baseado na observação, ciência, experiência e no uso racional da tecnologia, os médicos Héctor Martinez e Edgar Rey Sanabria estabeleceram essa nova forma de cuidado mais humano aos bebês com baixo peso ao nascer. Na época, o que se via era uma situação crítica de superpopulação (mais de uma criança em cada incubadora), infecções, desmame precoce e a ausência de recursos tecnológicos. A mortalidade neonatal era extremamente alta e o abandono materno, frequente.

 

“A metodologia Mãe-Canguru resgata o direito ao carinho e respeito aos sentimentos do bebê e sua família, convertendo-se em um novo ponto de partida, onde o pequeno ser recebe o amor, calor e alimento para o corpo, para o espírito e para a vida, fundamentos essenciais para assegurar um crescimento adequado”,

 

explica o médico Héctor Martinez, que, ao lado do Dr. Sanabria, recebeu, em 1991, o Sasakawa Health Prize, na 44ª Assembléia da Organização Mundial de Saúde, pelo desenvolvimento dessa técnica.

 

A técnica consiste na diminuição do tempo de permanência do recém-nascido na incubadora, na colocação do bebê no colo da mãe, na posição canguru, que proporciona o contato pele a pele, além da alimentação exclusivamente com leite materno e do acompanhamento ambulatorial especializado. A transformação mais importante foi manejar os prematuros não por seu peso, mas sim por suas condições clínicas, com alta o mais rápido possível, utilizando-se a posição canguru e o controle no ambulatório.

 

Por que canguru?

 

O método Mãe-Canguru adotou o nome dessa espécie de mamíferos marsupiais originários da Austrália, porque as crias nascem antes de completar ou levar ao fim sua gestação. Por isso, os bebês-cangurus têm uma gestação extra-uterina. A natureza dotou as fêmeas dos cangurus de uma bolsa, na qual o tempo de gestação é completado. Ali, os pequenos se aquecem e se alimentam até se fortalecerem adequadamente - o que também ocorre na técnica de mesmo nome utilizada nos bebês com baixo peso.

 

No Método Mãe-Canguru, o bebê é colocado junto ao seio materno, em contato pele a pele (para transmissão de calor e estímulo sensorial) e em posição vertical, para se evitar o refluxo gastroesofágico e a consequente aspiração pulmonar. Assim, essa técnica promove o aleitamento materno, favorece o crescimento adequado do bebê, reduz a incidência de doenças graves até os seis meses de idade e contribui para diminuir custos.

 

Para participar – As inscrições para as Conferências 30 Anos de Mãe-Canguru, no valor simbólico de R$ 50, podem ser feitas no web site

 

www.30anosdemae-canguru.com,

 

que também traz mais informações sobre o evento, além de artigos sobre o método Mãe Canguru e links sobre o assunto.

As conferências têm apoio de JOHNSON’S® baby, do Ministério da Saúde, do Sistema Firjan e da Universidade Anhembi Morumbi.

 

 

O programa será o mesmo no Rio de Janeiro e em São Paulo. Confira:

 

8h: Distribuição das credenciais

8h30: Pôsteres Científicos - Exposição

9h: Abertura com autoridades - Ministro da Saúde, Secretário de Estado de Saúde, Secretário Municipal de Saúde, Coordenadora da Área de Saúde e da Criança do MS e Anfitrião do evento

9h30 - Conferência principal: Dr. Hector Martínez Gomes - “A Metodologia Mãe Canguru – uma experiência mundial. Origem e fundamentos fisiológicos e filosóficos”

10h30 – Intervalo para o café

11h: Experiências do Brasil:

    Fonoaudiologia no Cuidado Canguru – Maria Teresa Cera Sanches
    IMIP – Geisy Maria de Souza Lima

12h: Lançamento da Declaração Universal dos Direitos de Prematuro

12h30: Autógrafos do Luis Mussa Tavares
 

 

 

Intervalo para o almoço

14 às 16h: Mesa Redonda: Política Nacional de Atenção Humanizada ao Recém-Nascido

    Método Canguru - Ações Estratégicas da Área da Criança - Elsa Giugliani
    Os 10 anos do Método Canguru no Brasil (A história da Política) - Nelson Diniz

    Os Centros de Referência e o processo de capacitação - Nicole Gianini

    Pesquisa de Avaliação dos Resultados Neonatais e o momento atual: expansão e fortalecimento – Zeni Carvalho Lamy

16h: Intervalo para o café

16h15: Pôsteres Científicos - Exposição

17h30: Encerramento

 

Serviço:

Conferências 30 Anos de Mãe-Canguru

Dia 23 de junho – São Paulo

Universidade Anhembi Morumbi

Auditório: Theatro Casa do Ator

 

Dia 25 de junho – Rio de Janeiro

FIRJAN

Tijuca

 

 

Um evento sem conflito de interesses:

 

A Johnson & Johnson não fabrica mamadeiras, chupetas, bicos de silicone ou qualquer produto abrangido pela NBCAL ou que seja utilizado no Cuidado Mãe Canguru.

 

"Cuidando do mundo, uma pessoa por vez"... é o que inspira e une as pessoas da Johnson & Johnson.  A companhia acredita que a pesquisa e a ciência são fundamentais para desenvolver idéias, produtos e serviços inovadores; e também para melhorar a saúde e o bem-estar das pessoas. Os funcionários das empresas do grupo Johnson & Johnson trabalham com seus parceiros para prover o cuidado com a saúde e para "tocar" a vida de mais de um bilhão de pessoas, todos os dias, ao redor do mundo.

 

A Johnson & Johnson é a maior e mais diversificada empresa mundial de produtos para a saúde. Apóia-se em uma estrutura que conta com mais de 250 companhias, sediadas em 57 países nos 5 continentes, atuando nos mercados farmacêutico, médico-diagnóstico e consumidor. Seus produtos são comercializados em 175 países e a companhia emprega cerca de 119 mil pessoas mundialmente.

 

Informações para a imprensa

 

Departamento de Comunicação – Johnson & Johnson

Daniela Zuim – comunicacaojj@conbr.jnj.com

11 3030-1200

 

Fabiane Giusti

Primeira Página Assessoria de Comunicação e Eventos

www.ppagina.com

Jornalista Responsável: Luiz Carlos Franco (MTb 10.993)

Contato pelo telefone: (11) 5575-1233 ramal 222

redacao.fabianeg@ppagina.com

 

[i] Madre Canguro – Guía Práctica – OMS, 2004.


Última atualização: 5/7/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital